O currículo vitorioso de Raúl pelo Real Madrid não impediu os questionamentos de como será o seu futuro no clube após as chegadas de Cristiano Ronaldo, Benzema e Kaká. Muitos perguntam se o espanhol terá vaga no time depois das contratações realizadas pelo presidente Florentino Pérez. Ele mesmo mantém a cabeça fria sobre o assunto e garante, em entrevista ao jornal "As", que não fará nada diferente do que já vem fazendo nos últimos anos.

"Estou há 15 anos lutando. Em todas as temporadas tive que lutar. Quanto melhor for o nível do elenco, mais você terá de se esforçar. Quanto mais rivalidade na briga por uma posição, mais empenho você terá de ter para conquistar o seu espaço, e isso faz com que cada um cresça individualmente. O importante é o coletivo", afirmou o ídolo.

Quando perguntado se assumirá um papel secundário na equipe, Raúl foi político e evitou problemas.

"O único papel que tenho de cumprir é o de ser jogador. Saber que posso jogar ou não. Vou tentar me manter no melhor de minha forma, para ajudar quando for solicitado. Jogar ou não é uma decisão do técnico. Haverá muitos jogos e competições", disse.

Sobre o futuro do time, Raúl falou com otimismo. Ele elogiou os reforços e o novo técnico (Manuel Pellegrini).

"O Real Madrid fez grandes contratações. Cristiano Ronaldo, Kaká, Benzema e Albiol são jogadores valiosos, que já conquistaram coisas importantes por seus clubes. Cristiano é um rapaz maravilhoso e está se entrosando muito bem com o grupo. Benzema tem um futuro brilhante pela frente. E contamos com um técnico que conhece a Liga Espanhola e tem muita competência. Vejo que estamos com tudo para realizar uma grande temporada", analisou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]