i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Londres-2012

Imprensa espanhola põe vexame da Fúria na conta do apito

Jornais ingleses preferem ironizar eliminação com derrotas para Japão e Honduras

  • PorEFE
  • 30/07/2012 06:49
Jogadores espanhóis cercam o árbitro venezuelano Juan Soto. | Nigel Roddis/ Reuters
Jogadores espanhóis cercam o árbitro venezuelano Juan Soto.| Foto: Nigel Roddis/ Reuters

A imprensa esportiva europeia mostrou surpresa com a eliminação da seleção espanhola nos Jogos Olímpicos, enquanto os espanhois estamparam revolta contra a arbitragem, nesta segunda-feira (30), um dia após a derrota para Honduras, a segunda da Fúria no torneio.

A capa do jornal esportivo espanhol Marca, destaca que "uma péssima arbitragem, azar e o nervosismo" foram os principais fatores para a eliminação a equipe de futebol masculino dos Jogos. Já o jornal Ás, deu o recado do sentimento do país: "Indignados", estampou na primeira página o diário, junto com foto do árbitro venezuelano Juan Soto, cercado de jogadores espanhois que cobravam a marcação de um dos dois pênaltis reclamados pela equipe e imprensa.

Na França, o jornal L'Equipe destacou a eliminação da 'Fúria' como um "terrível golpe" para os espanhois, que se despedem dos Jogos na próxima quarta-feira (1º), contra o Marrocos.

O italiano La Gazzetta dello Sport, classificou a eliminação precoce da Espanha como um "desastre". O veículo destacou o fato do país viver momento hegemônico no futebol mundial, mas cair diante de Japão e Honduras, que não são seleções da elite do esporte.

Os britânicos, por sua vez, foram os mais duros nas críticas contra a seleção treinada por Luis Milla. O The Times apontou que os espanhois deixam a competição com "uma espetacular falta de graça", enquanto o The Guardian ironizou, dizendo que "vale lembrar que (os espanhois) são mortais".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.