i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Gastos públicos

Justiça brasileira custa R$ 100 bilhões ao ano: para onde vai esse dinheiro?

  • 25/08/2020 16:53
Edifício sede do STJ, em Brasília: custo da Justiça brasileira atingiu o maior patamar da história.
Edifício sede do STJ, em Brasília: custo da Justiça brasileira atingiu o maior patamar da história.| Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O custo da Justiça brasileira chegou à marca recorde de R$ 100,2 bilhões durante o ano passado, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgados nesta terça-feira (25) no relatório “Justiça em Números”. Em comparação com o ano anterior, esse valor representa um aumento de 2,6%. Em valores absolutos, a Justiça brasileira foi R$ 6,5 bilhões mais cara em 2019 em relação a 2018.

Os gastos da Justiça brasileira variaram 25% nos últimos cinco anos, saindo de R$ 79,2 bilhões em 2015 para R$ 84,8 bilhões no ano seguinte e R$ 90,8 bilhões em 2017. Ao se contabilizar o custo por habitante, o CNJ destaca que houve elevação destes valores de R$ 351,52 em 2009 para R$ 479,16 no ano passado.

Em 2019, a fatura do Judiciário brasileiro equivalia a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Nos Estados Unidos, o Poder Judiciário custa em torno de 0,15% do PIB; na Itália, 0,19% e na Alemanha, 0,32%. Em média, as despesas judiciárias nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) chegam a 0,5% do PIB.

Somente os gastos com pessoal (salários, auxílios, benefícios e aposentadorias) em 2019 chegaram a R$ 90,8 bilhões (ou 90,6% do total). Já as despesas de capital – relacionadas à aquisição de equipamentos, obras e investimentos – totalizaram R$ 2,1 bilhões. As outras despesas correntes atingiram R$ 7,2 bilhões.

A elevação de R$ 6,5 bilhões entre os anos de 2018 e 2019 nos custos da Justiça brasileira ocorreu, principalmente, em função do reajuste dado aos servidores da Justiça na reta final do mandado do ex-presidente Michel Temer (MDB). A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) em janeiro do ano passado. Na época, o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) subiu de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil — um reajuste de 16,4%.

Assim, o reajuste dado aos ministros desencadeou um efeito cascata nos demais servidores do Poder Judiciário. Hoje, os salários de juízes variam de R$ 32 mil (federal substituto) a R$ 37 mil (ministro do Superior Tribunal de Justiça, o STJ); os técnicos recebem salários na casa dos R$ 7,5 mil e oficiais de justiça chegam a receber R$ 21,4 mil, quando ele chega ao topo da carreira.

De acordo com o relatório, “esse crescimento (nos custos do Judiciário) foi ocasionado, especialmente, em razão da variação na rubrica das despesas com recursos humanos, que cresceram em 2,2%, e das outras despesas correntes, que cresceram em 7,4%”.

Despesa com cortes superiores da Justiça brasileira chega a R$ 3,2 bilhões ao ano – isso sem contar o STF

Entre as Cortes Superiores, o STJ custou em 2019 R$ 1,5 bilhão; o Tribunal Superior do Trabalho (TST) outros R$ 1,1 bilhão e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais R$ 581 milhões.

Entre as três Cortes, apenas no TSE houve redução de dispêndios entre os dois anos. Em 2018, o TSE gastou R$ 638 milhões. Mas essa “austeridade fiscal” tem relação direta às últimas eleições gerais. É normal que o TSE gaste mais em anos eleitorais em comparação com anos não eleitorais. Os dados do CNJ no Justiça em Números excluíram as despesas do Supremo Tribunal Federal (STF).

Pelos dados do CNJ, entre os dois anos, embora a Justiça tenha ficado mais dispendiosa, houve redução no número de servidores. Em 2019, a força de trabalho chegou a 446,1 mil pessoas. São 18,1 mil magistrados e 276,3 mil servidores. No ano anterior, a Justiça brasileira tinha 450 mil profissionais. Dos quais, 18,1 mil juízes e 272 mil servidores.

“É importante destacar que, nos últimos 8 anos (2011-2019), o volume processual cresceu em proporção às despesas, com elevação média anual de 4,7% ao ano na quantidade de processos baixados e de 2,5% no volume do acervo, acompanhando a variação de 3,4% das despesas”, descreve o CNJ no relatório.

Em média, apesar do custo total de R$ 100 bilhões, hoje os tribunais brasileiros ainda detêm 77,1 milhões de processos em tramitação, aguardando julgamento ou recursos. Apesar disso, houve uma redução de 1,5 milhão de processos no chamado acervo processual das cortes brasileiras.

“A produtividade média dos magistrados também foi a maior dos últimos 11 anos. Em 2019, essa produtividade média elevou-se em 13%, atingindo o maior valor da série histórica, com média de 2.107 processos baixados por magistrado”, disse o presidente do STF e do CNJ, Dias Toffoli, na apresentação do estudo. “Nosso Poder Judiciário é, certamente, um dos mais produtivos do mundo”, destacou.

28 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 28 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    JOSE MUNIZ SOBRINHO

    ± 0 minutos

    "K'ralho! Hoje, com o processo eletrônico, deveriam reduzir o número de tribunais, inclusive, fundindo a justiça do trabalho com a justiça federal e o TSE e o STM com o STJ, criando turmas especializadas. O Brasil não aguenta mais desperdício de dinheiro"

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Spartacus

    ± 4 horas

    Bando de ordinários preguiçosos cheios de mordomias. Raça execrável

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rafael

    ± 4 horas

    Modelo do Judiciário está ultrapassado. Juízes e promotores para atuar em litígios de interesses estritamente particulares. Juiz ganhando 32 mil para assinar sentença feita por estágiarios, promotor para prender ladrão de galinha. Justiça do trabalho para julgar causas sem a importância que justifique sua existência especifica. Enfim, tudo neste país não funciona e é caro de mais. Solução? Não tem. Quem puder se mude para outro país.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Stefan

    ± 5 horas

    O dinheiro vai para o bolso de juízes e promotores corruptos. Vejam os salários no portal da transparência!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nekara

    ± 8 horas

    R$ 480 por habitante custa o Judiciário? Misericórida. Imagine um coitado ganhando 1 salário mínimo por mês. ganha uns R$ 13 ou R$ 14 mil/ano para pagar R$ 438 para sustentar um judiciário que muitas vezes não faz justiça. É brincadeira! Vergonha!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JJP

    ± 9 horas

    justiça injusta, de compadrio, que protege os políticos corruptos e os poderosos, é uma vergonha, vide auxílio moradia, auxílio livro, plano de saúde absurdo, auxílio paletó....... na verdade está a serviço da corrupção!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ABFeitoza

    ± 13 horas

    Piada cara e sem graça essa justiça brasileira. A começar pelo STF e seu presidente., incompetente e arbitrario. Parecem a realeza francesa pre- revolução. Espero que a história se repita.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo

    ± 18 horas

    O texto do artigo está errado. O correto seria: " ... onde vai esse dinheiro com tanta ineficiência"

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Teixeira

    ± 19 horas

    Judiciário é a nobreza, repleto de reis que se acham deuses e acima da Lei, querem ganhar muito e trabalhar muito pouco. O povo trabalha para manter as mordomias e privilégios dos Siqueiras da vida e em contrapartida leva coice.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Cristiano Bohrer da Veiga

    ± 19 horas

    Parasitas. Sanguessugas do dinheiro dos pagadores de impostos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NH4NO3

    ± 19 horas

    Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zyss

    ± 20 horas

    Judiciário é o câncer central do Brasil. Não consegue mudar explodindo esse sistema inoperante e caríssimo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mariane Silva

    ± 20 horas

    Talvez se a maioria dos cidadãos brasileiros fossem honestos não estaríamos pagando essa conta. Povo corrupto gasta com justiça. O pior é gastar com políticos e seus assessores que não trabalham, fazem leis absurdas para enrolar os processos e gastam o mesmo tanto ou mais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • P

      PRISCILA MARA LUBIAN

      ± 20 horas

      Na verdade uma coisa não tem nada a ver com a outra. Países honestos gastam menos que nós, países corruptos idem. O problema eh que o funcionalismo público brasileiro, em especial do judiciário, vive em um mundo a parte, uma ilha da fantasia enquanto a iniciativa privada banca com altos impostos essa turma restrita. Auxílio terno, auxílio aluguel, auxílio carro, papagaio e etc. Chega de sustentar algo insustentável.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RoCS

    ± 20 horas

    Para o COOL dos Juízes e Procuradores, principalmente para os da Suprema Corja de comedores de lagosta.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Mauricio Nadolny

    ± 21 horas

    Corja de privilegiados que trabalha em causa própria. Tem que eliminar 90% dessa estrutura, a começar pela justiça do trabalho: gasta-se mais com essa pseudo justiça do que a somatória de todas as causas pagas aos trabalhadores.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Geraldo F.

    ± 21 horas

    Como diz o ministro Paulo Guedes somos 200 milhões de trouxas trabalhando pra manter 12 milhões de parasitas. Justiça somente contra os três P (preto, pobre e prostituta). Se queres educar teu filho corra pra escola particular. Segurança cerque tua casa com cerca elétrica. Saúde pagues um bom plano particular. Estrada somente as pedagiadas . Tudo que o estado coloca a mão não funciona e está corrompido. Agências reguladoras trabalham em favor de quem eles deveriam nos proteger. Tá tudo dominado. Museu cheio de novidades.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leonel Filho

    ± 21 horas

    E qualquer tentativa de redução da mordomia será descrita como cerceamento de direitos fundamentais adquiridos, desejo de desestabilização constitucional dos poderes independentes e discurso de ódio contra a democracia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FB

    ± 21 horas

    Isso vem desde a época da imundície do Império. O judiciário sempre foi o poder mais patrimonialista e elitista, quando não autoritário, do Brasil. E com legisladores semi analfabetos criando leis em cima de leis como uma fábrica descontrolada, tudo contraditório e de redação porca, o poder do Judiciário é ampliado ao ponto de ser discricionário, pois a lei pode ser lida como mais bem entender, os processos são uma bagunça, e por aí vai.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Adriano Rinaldi

    ± 21 horas

    De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Anderson

    ± 22 horas

    Essa classe juntamente com políticos é quem propagam a desigualdade social. Quem paga o salário desses afortunados? Os pobres coitados que ganham em média 2 salários mínimos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    NELSON UMEDA

    ± 22 horas

    Justiça brasileira é uma piada, só beneficia os políticos, corruptos e bandidos. E custa caro para os contribuintes. R$ 100 bi em um ano, é muito dinheiro jogado fora!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Garcia

    ± 22 horas

    Porque ? Tem uma quantidade de leis, decretos e etc. inacreditável. Só de emendas à Constituição já passou de 100. Tudo é normatizado, tudo, Como se o cidadão fosse uma criança incapaz. Tudo isso é óbvio que vai criar uma quantidade quase infinita de conflitos e aí não tem justiça que chegue. E o Brasil também é um dos países do mundo que mais advogados tem.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JP

    ± 22 horas

    Os três poderes da república estão podres, fétidos, luxuriosamente e obscenamente privilegiados. Buracos negros da riqueza nacional. Todos, desde a familglia presidencial até os repugnantes petistas, passando por todas as assembleias e câmaras legislativas, prefeitos, secretários disso e daquilo, ministros. Juízes, desembargadores, oficiais de justiça... todos mamando no estado e não satisfeitos ainda roubando da pobre sociedade brasileira. Roubam da merenda escolar, dos remédios da Covid, dos livros escolares, do submarino nuclear e do cafézinho que é servido nas repartições.... tudo mesmo... não veremos país nenhum....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MIRIAM CRISTINA

    ± 23 horas

    O pior é que dentro de um processo judicial, a luta, o estresse, o quase infarto, sempre é maior não com o seu opositor, mas com o próprio poder judiciário. A insegurança jurídica é tanta e a paralisia e a inércia são tão absurdas que quando se chega ao final do processo e se ganha a sensação é de tanto faz! Precisamos de bons administradores para cobrar prazos e fixação de processos, a sensação é de que tudo é proposital para ficar como está!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    GRU

    ± 23 horas

    Ótimo artigo que denuncia uma verdadeira classe de privilegiados que não presta contas a ninguém do que faz.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Beto

    ± 23 horas

    Algo de podre no reino da Dinamarca. Uma indústria de processos devidos a uma justiça de carretel que faz caminhar como paquiderme. Torna um custo alto para o estado. Sem uma Reforma do Judiciário, nada poderá ser feito. Agilizar os processos desviando-se de atalhos. Há muito, se espera providências capazes de cortar gastos supérfluos , mordomias, abonos, verbas diversas, penduricalhos, etc. Salários indiretos líquidos, isentos de impostos. Uma casta privilegiada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulo Reckziegel

    ± 23 horas

    Meu Deus!!! É um absurdo que num país com tanta miséria, tenha se criado essa corja de privilegiados. Nos anos petistas, a farra foi tanta que agora não há quem possa mexer neste vespeiro. São verdadeiros usurpadores profissionais que legislam em causa própria e que tomaram conta deste país, com um sem fim de benesses e benefícios. Mas tudo tem seu tempo, pois com essa pandemia algo deve mudar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]