Transposição da Avenida Ayrton Senna em Londrina provoca o assoreamento do Córrego Capivara | Gilberto Abelha/Jornal de Londrina
Transposição da Avenida Ayrton Senna em Londrina provoca o assoreamento do Córrego Capivara| Foto: Gilberto Abelha/Jornal de Londrina

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) multou ontem a Prefeitura e a Visatec, responsáveis pelas obras de continuação da Avenida Ayrton Senna, no valor de R$ 15 mil cada. Conforme flagrou o JL na semana passada, o Córrego Capivara está sendo assoreado por terra da obra. Com o rompimento de uma adutora da Sanepar, na sexta-feira, a situação se agravou.

Além da multa, o relatório feito pelo IAP pede com urgência a retirada da terra solta na Área de Preservação Permanente (entorno do córrego) e o reforço do sistema de contenção.

Faiçal Jannanni, proprietário da Visatec, disse que a empresa está apenas executando o projeto de engenharia feito pela Prefeitura. E que irá recorrer da multa e depois realizar uma eventual limpeza no local. "Houve um dano que terá que ser revertido, independentemente da responsabilidade de quem seja", afirmou.

Em nota oficial, a Prefeitura informou que também vai recorrer da multa e argumentou que, "apesar da empreiteira ter executado toda a proteção especificada no projeto", houve um "pequeno carreamento de terra para o córrego", causado pelo rompimento da adutora.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]