Bombeiros de Paranavaí e Cianorte voltaram aos trabalhos, desde o início da manhã desta quinta-feira (19), na busca pelo corpo do trabalhador que caiu no Rio Ivaí, Noroeste do estado. Ele estava com outras cinco pessoas em um caminhão que despencou de uma ponte de 20 metros de altura na terça-feira (17), por volta das 5h30, próximo a Paraíso do Norte. Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas.

De acordo com o soldado Marcelo Gomes, do Corpo de Bombeiros de Paranavaí, seis homens procuram o desaparecido há mais de dois dias. As buscas são feitas em uma lancha, mas o trabalho está sendo dificultado pela forte correnteza do rio e pela cor marrom das águas, que impede a visibilidade. "Começamos as buscas a cerca de 60 quilômetros do local do acidente, em Santa Mônica, e vamos subindo o rio até o local da queda", disse Gomes. Nesses dois dias, os bombeiros têm finalizado seus trabalhos somente ao anoitecer.

O caminhão foi retirado do rio na quarta-feira (18) pela manhã com a ajuda de um guincho, cedido por uma usina de açúcar. O veículo está no pátio da Polícia Rodoviária de Paranavaí.

O corpo de Isaías Vicente da Silva, de 31 anos, que também estava desaparecido, foi encontrado por volta das 12 horas de terça-feira.

Acidente

O caminhão com seis lenhadores tombou de uma altura de 20 metros e deixou uma pessoa morta, quatro feridas e um homem desaparecido. Segundo a Polícia Rodoviária de Paranavaí, o acidente foi provocado por um pneu caído na entrada da ponte, no meio da pista. Ao passar sobre o estepe, o motorista do caminhão perdeu o controle da direção e percorreu cerca de 30 metros até romper a proteção da ponte e despencar no rio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]