Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Para evitar que a chamada Lei Seca seja desrespeitada, soldados da PM fazem alertas nesta semana | Roberto Furlan/PMM
Para evitar que a chamada Lei Seca seja desrespeitada, soldados da PM fazem alertas nesta semana| Foto: Roberto Furlan/PMM

Os comerciantes que venderam bebidas alcoólicas no entorno da Universidade Estadual de Maringá (UEM) entre 12 e 14 de julho, no período de vestibular, serão multados em R$ 500 (vendedores ambulantes) ou R$ 5 mil (estabelecimentos comerciais). Se forem pegos em flagrantes, os comerciantes terão a mercadoria apreendida. O alerta é da Força-Tarefa que vai fiscalizar o vestibular de inverno da UEM.

A proibição da comercialização de bebidas alcoólicas durante o vestibular é estabelecida pela Lei Municipal nº 8.054/08. A chamada Lei Seca valerá entre as 20h desta sexta-feira (10) e a meia-noite de terça-feira (14).

A proibição é válida para o quadrilátero entre a Avenida Colombo e a Rua Vitória, e a Avenida Morangueira e a Rua Quintino Bocaiúva, com exceção para a Rua Vitória e a Avenida Morangueira.

Quem for pego consumindo bebidas alcoólicas no entorno da UEM terá o produto apreendido e descartado. A lei exclui os estabelecimentos comerciais que não vendem bebidas alcoólicas no local, como supermercados.

Para evitar o desrespeito à lei, uma equipe da Prefeitura e da Polícia Militar (PM) está distribuindo nesta semana panfletos explicativos em estabelecimentos comerciais, casas e repúblicas de estudantes. O material traz explicações sobre a proibição.

O vestibular de inverno da UEM será realizado entre os dias 12 e 14 de julho e deve reunir mais de 24 mil vestibulandos, um recorde histórico. 17 mil alunos devem realizar a prova em Maringá.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]