Reitoria da UFPR já foi liberada por manifestantes | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Reitoria da UFPR já foi liberada por manifestantes| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

A ocupação de prédios da Universidade Federal do Paraná (UFPR) está prevista para terminar ainda neste domingo (27). De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, das nove estruturas que seguiam tomadas por alunos em Curitiba e litoral, apenas duas ainda têm ocupantes. A previsão é que as áreas sejam liberadas até o final da tarde. Esses edifícios são do Departamento de Artes, no Batel, e do Setor Litoral, em Matinhos.

Os prédios Dom Pedro I e Dom Pedro II (Reitoria), Educação Física (Jardim Botânico), Setor de Ciências Exatas (Politécnico), Bigarella/Setor de Ciências da Terra (Politécnico), PA e PC (Politécnico) foram os primeiros a serem desocupados depois que alunos do movimento Ocupa UFPR receberam a notificação da decisão judicial para a saída do local. Mandados de reintegração de posse e de interdito proibitório, que visa evitar a reocupação das áreas, foram entregues aos estudantes na sexta-feira (25) por um oficial de justiça.

O descumprimento da decisão do juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1.ª Vara da Justiça Federal, implica em multa de R$ 500 por hora em desfavor de cada réu que já foi individualmente considerado e de outros que venham a ser identificados.

No início da semana, estudantes que ocupavam o edifício de Terapia Ocupacional e Enfermagem, no Jardim Botânico, liberaram o prédio voluntariamente. A decisão foi tomada antes da notificação de reintegração de posse.

As ocupações na UFPR tiveram início no dia 24 de outubro, na Reitoria. Os estudantes que participam da mobilização são contra a PEC 55, antiga PEC 241, que estabelece um teto de gastos para o governo pelos próximos 20 anos, e contra a MP 746, que trata sobre mudanças no Ensino Médio.

As aulas na UFPR devem voltar ao normal nesta segunda-feira (28).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]