i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Mau tempo

Pato Branco é a cidade mais atingida pelas chuvas deste fim de semana

Chuva volta ao estado, mas provoca poucos estragos na região Oeste. No total, 20 casas de Pato Branco sofreram danos causados pelo vento forte e alguns bairros de Foz do Iguaçu registraram alagamento

  • PorDiego Antonelli e Luan Galani
  • 14/06/2014 09:03

Sob a água, União da Vitória teme repetição da cheia de 92

Moradores da cidade do Sul do Paraná vivem a maior cheia do Rio Iguaçu dos últimos 20 anos e se preparam para reconstruir tudo de novo

Leia matéria completa

147 municípios em situação de emergência

O número de municípios em situação de emergência permanece inalterado. No total, 147 cidades do Paraná, cerca de 37% dos municípios do estado, já declararam emergência. Segundo avaliação da Defesa Civil do Paraná, a situação em União da Vitória é a mais grave. Conforme boletim divulgado às 12 horas deste sábado (14), 594.325 pessoas foram afetadas pelas chuvas.

A quantidade de mortos e desaparecidos também continua o mesmo. Onze pessoas morreram e duas ainda estão desaparecidas – uma em São João do Ivaí e outra em Rebouças. Além disso, 38.032 estão desalojadas, a maior parte em União da Vitória (12.152). Segundo estimativas da própria Defesa, os prejuízos provocados pela chuva no Paraná já ultrapassam R$ 600 milhões e podem chegar a R$ 1 bilhão.

O relatório mostra também que, até agora, há 171 feridos, além de 13.378 casas danificadas e 109 residências destruídas.

A chuva retornou ao estado neste sábado (14), mas provocou menos estragos que o esperado. Em Pato Branco, o município mais atingido pelas chuvas deste fim de semana, a Defesa Civil do Paraná contabilizou danos em 20 casas, mas assegurou que ninguém precisou abandonar as casas.

LISTA: Veja as cidades do Paraná em estado de emergência

Apesar disso, o temporal interrompeu o fornecimento de energia elétrica e o abastecimento de água da cidade. Equipes da Copel e Sanepar já trabalham para consertar o problema. Ainda não há previsão para a normalização dos serviços.

Alguns bairros de Foz do Iguaçu registraram alagamento, como no Portal da Foz, São Luiz, Boicy, Jardim Primavera e Vila Portes.

Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, a chuva que caiu sobre o oeste e o centro-sul do estado entre esta sexta-feira e sábado chegou a 90 milímetros. "A partir de agora a precipitação deve ocorrer de forma mais irregular neste fim de semana no estado, mas pontualmente pancadas de chuvas fortes acarretam em um volume mais expressivo", diz em nota o Simepar. A previsão é que a instabilidade aumente no leste paranaense no final deste sábado.

Outras cidades

Já nas primeiras horas deste sábado (14), eventos de chuva e vento forte também foram registrados, principalmente no Oeste. Entre Assis Chateaubriand e Marechal Cândido Rondon, a precipitação acumulada foi superior a 80 milímetros apenas nas primeiras horas do dia. Segundo o instituto, o prognóstico para este fim de semana aponta a permanência da instabilidade, com manutenção das chuvas.

Em União da Vitória, o rio Iguaçu subiu quatro centímetros durante a madrugada. Na cidade com mais desalojados e desabrigados do estado – segundo a Defesa Civil, são mais de 12 mil pessoas em casas de amigos e parentes e outras quase 400 em abrigos.

A assessoria de imprensa da Itaipu Binacional informou que mesmo com as chuvas na região oeste o nível dos rios Paraná e Iguaçu não sofreu grandes oscilações. Até terça-feira (17), as famílias ribeirinhas atingidas pelas inundações já poderão voltar para suas casas, se as chuvas derem uma trégua.

Na manhã deste sábado, nas Cataratas do Iguaçu, a vazão estava em 7.440 metros cúbicos por segundo, cinco vezes mais do que a normal. Na Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai, o nível do Rio Paraná estava em 115 metros, 6 metros acima do normal. Durante a chuva, a oscilação não passou de meio metro.

A Itaipu voltou a aumentar o vertimento durante a madrugada. Pela manhã, estavam sendo escoados pelo vertedouro pouco mais de 7 mil metros cúbicos de água por segundo. Como o ritmo de produção da usina deve aumentar e não há chuvas previstas, a tendência é que o vertedouro seja fechado já no início da próxima semana.

Cidades do Paraná em situação de emergência

-Altamira do Paraná -Anahy -Barbosa Ferraz -Boa Esperança do Iguaçu -Bituruna -Campina do Simão -Campo Bonito -Campo Largo -Campo Mourão -Cantagalo -Capanema -Catanduvas -Cascavel -Chopinzinho -Cianorte -Corbélia -Coronel Vivida -Cruz Machado -Diamante do Sul -Dois Vizinhos -Doutor Camargo -Floresta -Foz do Jordão -General Carneiro -Godoy Moreira -Goioerê -Grandes Rios -Goioxim -Guaporema -Guaraniaçu -Guarapuava -Ibema -Imbituva -Irati -Ivaiporã -Jardim Alegre -Laranjeiras do Sul -Lindoeste -Mallet -Manoel Ribas -Mangueirinha -Marechal Cândido Rondon -Marquinho -Medianeira -Mirador -Nova Cantu -Nova Laranjeiras -Pinhalão -Pinhão -Piraí do Sul -Pitanga -Porto Barreiro -Quedas do Iguaçu -Querência do Norte -Quinta do Sol -Rebouças -Reserva do Iguaçu -Rio Azul -Rio Bonito do Iguaçu -Rio Branco do Ivaí -Rio Negro -Realeza -Roncador -Rosário do Ivaí -Três Barras do Paraná -Santa Lúcia -São João -São João do Ivaí -São João do Triunfo -São Jorge do Oeste -São José das Palmeiras -São Mateus do Sul -Saudade do Iguaçu -Sulina -União Da Vitória -Espigão Alto do Iguaçu e Candói -Araruna -Arapuã -Ariranha do Ivaí -Boa Vista da Aparecida -Cafelândia -Campina da Lagoa -Campo Magro -Capitão Leônidas Marques -Céu Azul -Coronel Domingos Soares -Cruzeiro do Iguaçu -Curitiba -Diamante do Oeste -Fernandes Pinheiro -Figueira -Foz do Iguaçu -Inácio Martins -Iretama -Ivatuba -Jaboti -Janiópolis -Lapa -Lidianópolis -Missal -Moreira Sales -Nova Prata do Iguaçu -Ortigueira -Palmeira -Palmital -Paraíso do Norte -Paulo Frontin -Pinhais -Porto Amazonas -Porto Vitória -Prudentópolis -Quarto Centenário -Quitandinha -Ramilândia -Rondon -Salto do Lontra -Santa Cruz de Monte Castelo -Santa Izabel do Oeste -Santana do Itararé -Santa Tereza do Oeste -São Jorge do Patrocínio -São Miguel do Iguaçu -São José dos Pinhais -Teixeira Soares -Tomazina -Turvo -Umuarama -Vera Cruz do Oeste e Virmond -Antonio Olinto -Borrazópolis -Engenheiro Beltrão -Entre Rios do Oeste -Ibaiti -Ipiranga -Lunardelli -Nova Tebas -Perobal -Planaltina do Paraná -Renascença -Reserva -São Jorge do Ivaí -São Pedro do Iguaçu -São Tomé -Sapopema e Verê.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.