Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Mais 52 presos foram transferidos de delegacias de Curitiba e Região Metropolitana para o Complexo Penitenciário de Piraquara nesta quinta-feira (15). Com isso, já são 287 detentos retirados das celas de delegacias e enviados para o sistema penitenciário da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) desde domingo (11), quando um agente de cadeia foi morto durante fuga de presos em Colombo.

Nesta quinta-feira (15) foram retirados 11 detentos da Delegacia de Campina Grande do Sul, na RMC; dez detentos do 11.° Distrito Policial (DP) de Curitiba; cinco da Delegacia da Mulher da capital, outros cinco da Lapa, na RMC, quatro de São José dos Pinhais; quatro de Pinhais; quatro da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba; três do 3.° DP; três do 5.° DP; e outros três do 8.° DP.

Dentro dos próximos 15 dias, a média de 52 presos por dia deve ser mantida nas transferências, segundo a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju). Em dois meses serão removidos das delegacias 1,2 mil presos. A medida é mais emergencial nos distritos de Curitiba, que possui ainda 540 detentos nas celas.

Transferências

A retirada dos detentos dos distritos ocorre após uma fuga de presos na Delegacia de Colombo e que terminou com um policial civil morto. Do local saíram 70 homens que foram para casas de custódia e presídios. Na delegacia do município ficaram dez detentos que ainda estão com inquéritos em aberto e passam por investigação, segundo a Seju.

Outras transferências chegaram a ser feitas em distritos e delegacias especializadas de Curitiba após outras tentativas de fuga. No 11° DP, que teve um tumulto em que os detentos tentaram escapar do local, nesta quinta-feira, após a transferência de dez presos, ficaram 100 detentos, mas o espaço tem capacidade para apenas 36 pessoas. O local deve abrigar, de acordo com o planejamento conjunto da Seju com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp) um Centro de Triagem (CT). Porém, o local ainda precisa de uma reforma.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]