Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Atualizado em 17/06/06, às 20h50

O humorista Cláudio Besserman Vianna, o Bussunda do programa "Casseta e Planeta", morreu na manhã deste sábado vítima de um infarto em Parsdorf, próximo a Munique, na Alemanha. O comediante e uma equipe do programa da Rede Globo acompanhavam a seleção brasileira na Copa do Mundo. Bussunda, que completaria 44 anos no próximo dia 25, era casado e deixa uma filha, Julia, de 13 anos.

Em entrevista à GloboNews, o cardiologista Flávio Cure Palheiro, médico particular de Bussunda, disse que a morte do humorista foi uma surpresa já que suas condições de saúde eram normais.

O atestado de óbito indica que a causa da morte foi natural. O humorista começou a passar mal na noite de sexta-feira, ao fim de uma partida de futebol, disputada com garotos americanos num campinho próximo ao hotel onde estava hospedado com a equipe, após um dia inteiro de gravações. Caminhando de volta para o hotel, a cerca de cem metros do campinho, Bussunda queixou-se de enjôo e dores nas costas.

O colega Claudio Manoel, também do "Casseta e Planeta", lembra como foi:

- Ele pediu para dar uma parada, eu corri para trazer água, ele disse que se sentia melhor e fomos para o hotel - disse ele à TV Globo.

Já no hotel, jantou normalmente e foi dormir. Preocupados, os colegas ainda ligaram várias vezes para o quarto durante a noite, mas Bussunda assegurou que estava bem.

- Ele chegou a brincar e disse: 'Me deixa dormir, estou bem' - conta Claudio Manoel.

Pela manhã, durante o café da manhã, o humorista, porém, disse que não dormira bem. Dois paramédicos, também hóspedes, foram chamados para socorrer Bussunda, que teve o ataque cardíaco quando estava sendo examinado, às 7h da manhã, no horário local (às 2h de Brasília).

- O médico chegou e começaram a conversar, a perguntar o que ele estava sentindo e deu a parada cardíaca. Aí começou a tragédia, o desespero, foi todo mundo sendo acordado, foi uma avalanche - descreve o humorista Cláudio Manoel.Da alegria de sempre ao 'pesadelo' inesperado

Impacto

A notícia teve forte impacto sobre a trupe e foi descrita como um pesadelo pela atriz Maria Paula.

Além de Claudio Manoel, estavam com Bussunda na Alemanha, Hélio de la Peña e Beto Silva. Os três já embarcaram de volta para o Brasil. A equipe deverá fazer uma homenagem ao humorista no programa da próxima terça-feira. O corpo do humorista já embarcou para o Brasil. O velório será no domingo, no ginásio do Flamengo, no Rio de Janeiro.

O diretor do programa "Casseta e Planeta", José Lavigne, que também estava com Bussunda na Alemanha, falou sobre a morte.

- Hoje de manhã ele estava se sentindo mal e preocupado com as gravações. Eu disse que ele não precisava se preocupar, tinha os paramédicos...e aí a fatalidade aconteceu. É isso que eu tenho para falar - acrescentou o diretor, muito emocionado.

José Lavigne lembrou que Bussunda não costumava se queixar sobre saúde, além do que seria normal para alguém da faixa da idade do humorista.

- Era um cara que sentia as coisas normais de saúde, como eu tenho as minhas, como todos têm, mas nada especial. Era um cara que jogava futebol toda a semana, gostava de esporte, apesar da aparência...gordo e tudo. Era um cara muito ágil. Foi muito inesperado, muito inesperado.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou, em nota oficial, "surpresa e pesar" pela morte do humorista. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também emitiu uma nota lamentando a morte do humorista. O jogador Ronaldo Fenômeno, que era imitado por Bussunda, manifestou especial pesar por Bussunda, a quem diz que aprendeu a admirar.

Carreira

Bussunda começou a carreira como redator do jornal humorístico "Casseta Popular", que fez sucesso no início da década de 80, ao combinar o humor escrachado com a crítica política e de comportamento. Na época, o comediante ainda era estudante de jornalismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

No fim dos anos 80, Bussunda e seus colegas do "Casseta Popular" e do "Planeta Diário" - outra publicação que usava o mesmo tipo de humor - foram convidados pela Rede Globo para trabalharem como roteiristas do "TV Pirata". Já na década de 90, eles fizeram, com a apresentadora Doris Giesse o programa "Doris para maiores", começando a formatar o que fariam a partir de 1992 com o programa "Casseta e Planeta urgente".

Além do programa de TV, o Casseta e Planeta fez discos ("Preto com um buraco no meio"; "Pra comer alguém" e "The bost of Casseta & Planeta"), livros (em 1994, Bussunda lançou "Bussunda na Copa") e o filme "A taça do mundo é nossa". Atualmente, o grupo estava preparando seu segundo longa-metragem, "Seus problemas acabaram!". Leia mais sobre a carreira de Bussunda.

Leia também:

Moradores de Niterói fazem homenagem a Bussunda

Corpo de Bussunda será velado no Flamengo

Corpo de Bussunda embarca de volta ao Brasil ainda neste sábado

Ziraldo lamenta a morte de Bussunda

Corpo de Bussunda já foi liberado

Amigos e fãs e choram a morte de Bussunda

Hubert e Marcelo Madureira falam da perda do companheiro Bussunda

Sucesso de Bussunda começou com mistura de humor e crítica política

Bussunda começou a passar mal após jogo de futebol, mas morreu no hotel

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]