A contusão de Marcelo deve abrir espaço para Serna ser titular. | Rodolfo Bührer/ Gazeta do Povo
A contusão de Marcelo deve abrir espaço para Serna ser titular.| Foto: Rodolfo Bührer/ Gazeta do Povo

O resultado dos exames confirmou uma baixa esperada no Atlético Paranaense, e a ausência será prolongada. Com uma contratura na parte posterior da coxa direita, o atacante Marcelo desfalcará o Atlético contra o Engenheiro Beltrão, na quinta, e provavelmente na próxima semana.

A ressonância magnética realizada na sexta-feira apontou uma lesão grau 2 e ele ficará em recuperação.

"O Marcelo teve uma lesão de grau dois na coxa e deve ficar de uma semana a dez dias para se recuperar. Não é nada preocupante", afirmou o médico Edilson Thiele.

O jogador havia sentido dores no clássico com o Paraná e foi substituído. Contra o Vilhena, quinta, pela Copa do Brasil, o problema voltou a incomodar mas ele permaneceu em campo no fim do jogo pois as três substituições tinham sido feitas. Uma das opções a ser testada pelo técnico Antônio Lopes para a posição é o colombiano Serna.

Outro desfalque confirmado para o jogo com o Aereb na Arena é volante Valencia, expulso por reclamação na vitória sobre o Paraná.

Carnaval atleticano só começou no domingoO Atlético voltou nesta segunda-feira aos treinos ainda se recuperando dos desgastantes 5.964 quilômetros percorridos em seis dias para a realização do confronto com o Vilhena, em Rondônia, pela Copa do Brasil.

Além da distância, a chuva e a estrutura acanhada do Aeroporto Brigadeiro Camarão, de Vilhena, comprometeram o retorno da delegação. O grupo precisou ser dividido e encaixado nos dois voos diários que partiam do local.

Depois, já em Cuiabá, o problema foi o tempo. Por causa da chuva, o aeroporto fechou e a delegação demorou mais de quarto horas para deixar a cidade no sábado rumo ao Distrito Federal.

O transtorno não foi maior pois a aeronave que faria a conexão Brasília-Curitiba aguardou a chegada do voo com a equipe atleticana e cerca de 20 outros passageiros rumo à capital paranaense.

Com tanta demora, a folga de carnaval foi começar às 1 hora de domingo. Como a reapresentação estava marcada para segunda à tarde, muitos jogadores desistiram de viajar no Carnaval e aproveitaram o dia para o descanso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]