Academia Paranaense de Letras cria biblioteca na comunidade do Ganchinho

Academia Paranaense de Letras cria biblioteca na comunidade do Ganchinho

A Academia Paranaense de Letras abraçou a proposta de se criar uma biblioteca para a comunidade do Ganchinho, bairro habitado por pessoas carentes em Curitiba. Ela ficará no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Jornalista Mussa José Assis, nome inspirado em um profissional que foi exemplo para gerações de comunicadores, tanto nas Redações como nas salas de aulas.

Os livros, com gestão das educadoras, serão colocados à disposição de pais e responsáveis das crianças que ficam no CMEI.

A APL colaborará na arrecadação de exemplares. As pessoas que puderem doar livros (de sua autoria ou não) devem encaminhá-los para o endereço da Academia, Rua Visconde do Rio Branco, 981, 1º andar.

Foto: Giuliano Gomes

Leia outras notícias do Blog do Bessa: 

Mais de 4 mil tartarugas marinhas foram encontradas mortas no litoral paranaense, afirmam biólogos

“Preferia que estivéssemos no anonimato”, afirma ‘policial gato’ que escoltou Lula