Agência curitibana lança campanha pelo banimento do amianto, mineral considerado cancerígeno

Agência curitibana lança campanha pelo banimento do amianto, mineral considerado cancerígeno O publicitário Maurício Ramos e a jornalista Virgínia Moraes Ramos, da Social Ideias. Foto: Divulgação

Já está sendo veiculada, em todo o estado a campanha Amianto Causa Câncer, uma iniciativa do Observatório do Amianto, formado por representantes do Ministério Público do Trabalho no Paraná, Associação dos Expostos ao Amianto, Universidade Federal do Paraná – Hospital de Clínicas, Hospital Erasto Gaertner e outras entidades. A campanha, uma das maiores já feitas no Brasil sobre o produto, foi desenvolvida pela Social Ideias, agência curitibana de advocacy, e vai envolver, além da divulgação de rua, tevês, rádios e internet. Também está previsto o lançamento, em Curitiba, do longa-metragem Não Respire – Contém Amianto.

O amianto, mineral usado na fabricação de mais de 3 mil produtos no Brasil, já foi banido em mais de 60 países. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), ele é responsável por cerca de 100 mil mortes por ano. O objetivo da campanha é conscientizar sobre os riscos, encaminhar para avaliação médica pessoas que foram expostas e angariar apoio ao movimento pelo banimento do amianto.

Siga Reinaldo Bessa no Twitter.

Curta a página no Facebook.