Uma Madalosso muito além de Santa Felicidade

Uma Madalosso muito além de Santa Felicidade Giovana Madalosso lança livro feminista.
Giovana Madalosso optou seguir outro caminho. Foto: Nuno Papp

Foto: Nuno Papp/Divulgação

Giovana Madalosso não quis saber de panelas e polentas. Seu universo vai muito além da cozinha que fez a fama da família proprietária de um dos mais tradicionais restaurantes de Curitiba. Senhora do seu destino, mudou-se muito jovem para São Paulo, onde fez carreira como redatora publicitária de respeito, embora formada em Jornalismo pela UFPR. Hoje, aos 41 anos, coloca um pé na literatura e a estreia se dá com um livro de contos (dez no total) que chama a atenção já pelo nome: A teta racional (Grua Livros), um brado feminista que chega fazendo barulho pela diversidade de vozes do universo feminino contemporâneo para repensar padrões relacionados à mulher e até mesmo os limites da palavra mulher.

Além de discutir dilemas atuais, A teta racional aponta para novos caminhos na literatura feita por mulheres e, como consequência, na literatura como um todo. “Não mais um olhar da esfera íntima (o lar, os sentimentos), não mais uma tentativa de se mimetizar com o mundo masculino e sim a busca de uma nova identidade (e de uma nova linguagem) para essa mulher que está no mundo lá fora, mas que, não por isso, aceita silenciar uma série de aspectos possíveis do feminino: o corpo, a gravidez, o desejo ou o repúdio da maternidade”, disse a autora ao blog.

A teta racional foi selecionado na Segunda Temporada de Originais da Grua, aberta em 2015. Com 240 títulos inscritos, apenas dois foram escolhidos para publicação pelo Conselho Editorial.

Giovana vem lançar o livro em Curitiba no dia 25 de outubro, na Livraria da Vila.

8 RECOMENDAÇÕES PARA VOCÊ