Blogs

Fechar
PUBLICIDADE

Panela do Anacreon

Enviado por Anacreon de Téos, 07/12/16 12:10:41 PM

Chef Marcos Fábio Carvalho. (Foto/ Divulgação)

Cada vez mais as pessoas se interessam em saber o que estão bebendo, com o que estão brindando. E têm sido totalmente receptivas aos cursos e harmonizações que se propõem a entender um pouco mais da relação entre aroma, sabor e prazer em saborear uma taça de espumante, por exemplo.

E aí entra o chef Marcos Fábio, proprietário do La Mia Cucina – Escola de Gastronomia & Eventos, propondo um curso estratégico para agregar valor ao seu repertório: “Aula sobre espumantes com degustação dos rótulos e jantar incluso”.

Na ocasião, os alunos aprenderão sobre vinificação, uvas, métodos e harmonizações. E ainda poderão degustar um belo cardápio preparado pelo chef.

Começando pelo couvert, com pães artesanais do chef, caponata siciliana e manteiga Aviação. Como entrada, Salmão defumado com purê de mandioquinha. O prato principal será Moqueca de pupunha, lula e camarões, arroz de ervas e farofa de banana da terra. Como sobremesa, Crème brûlée com frutas.

O curso está marcado para acontecer neste sábado (10), a partir das 19h, e custa R$99.

La Mia Cucina

Rua Paulo Graeser Sobrinho, 1.124 – Mercês

Fone: (41) 99968-4688

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 06/12/16 5:16:21 PM

Tartar de salmão com abacate, uma das novidades para o Festival de Frutos do Mar do Chalet Suisse. (Foto/ Divulgação)

O Chalet Suisse é um dos restaurantes mais clássicos de Curitiba. São mais de 30 anos servindo boa comida, tendendo para o sotaque francês, mas com algumas incursões em outras linhas (até indonésia nesse meio tempo) para construir sua própria personalidade.

É sempre bem lembrado no inverno, por causa dos fondues, filés e lareiras. Para buscar manter o mesmo pique também no verão, o restaurante está lançando um “Festival de Frutos do Mar”, também oportunidade para divulgar os diversos pratos com pescados, alguns deles clássicos servidos há muitos anos e outros criados especialmente para o evento.

São quatro opções de entrada a escolher. Três delas campeãs na casa, como o Coquetel de camarão ao molho golf, o Ceviche de linguado e o Coquille de camarão gratinado com parmesão. A quarta é a novidade criada especialmente para este menu: Tartar de salmão com salsa de abacate, servido com torradas. A inspiração foi o Tartar de mignon da casa, já famoso na cidade. Para um festival de pescados, veio a ideia de adaptação para o salmão e o retorno dos clientes foi tamanho que já está sendo considerada a possibilidade de o prato ser incorporado ao cardápio fixo. Os ingredientes usados são bem diferentes do que no Tartar de mignon. No de salmão vai suco de limão, endro em pó, alcaparras, cebola e pepino picados, maionese caseira, mostarda dijon, sal e pimenta-do-reino.

Entre os pratos principais, cinco alternativas, três que fazem parte do cardápio normal (Camarões ao champagne, Moqueca de côngrio negro e Salmão ao molho de endro) e duas criações para o festival: o clássico Linguado à Belle Meunière (com camarão, champignons frescos e alcaparras) e o Tagliatelle com camarões flambados no Pernod.

O valor é do menu é de R$ 89 por pessoa, com direito a uma entrada e um prato principal.  O festival de frutos do mar será servido o até o dia 23 de dezembro (quando o Chalet Suisse fecha para férias, retornando no dia 12 de janeiro).

O restaurante funciona de terça a sábado para o jantar e domingo no almoço.

Camarões ao champagne, há muitos anos um clássico da casa, que também integra o cardápio do festival. (Foto/ Divulgação)

Restaurante Chalet Suisse

Rua Francisco Dallalibera, 1428 – Santa Felicidade

Fone: (41) 3364-7889

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 06/12/16 11:27:45 AM

Fabrício Dantas e Ivo Lopes após acerto para a semana que vem. (Foto/ Divulgação)

Surf & Turf, Mar e Terra… O quesito que eliminou o chef Ivo Lopes do MasterChef Profissionais (da TV Bandeirantes) , na semana passada, deve ter ficado martelando na cabeça dele. Aquela experiência de polvo com magret de pato não funcionou e o experiente profissional – e um dos mais talentosos chefs que conheço – não pôde ser adiante no programa, já bem próximo da final.

Pois agora Ivo vai poder tirar a cisma. E para tanto, convidou o amigo e parceiro de MasterChef, Dário Costa (eliminado nesta terça-feira do concurso), para realizar um jantar Surf & Turf, na semana que vem, em Curitiba. Será no Mukeka e o acordo foi firmado com o restaurateur Fabrício Dantas, proprietário da casa, confirmando as datas para 16 e 17 (sexta e sábado).

Como Dário é santista e especializado em cozinha caiçara, caberá a ele a parte do mar, enquanto Ivo representará a terra, com pratos de carne. O cardápio ainda está sendo elaborado, mas terá de seis a sete pratos (entre acepipes, entrada, pratos principais e sobremesa) e será cobrado a R$ 129.

As reservas já podem ser feitas desde já, pelo telefone (41) 3156-3028.

Mukeka Cozinha Brasileira

Rua Machado de Assis, 417 – Juvevê

Fone: (41) 3156-3028

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 05/12/16 12:09:30 PM

Pensa que combinado é só de comida japonesa? Pois também pode ser de pratos italianos, que é o que a Cantina do Délio está propondo aos seus clientes. E por um preço imbatível, quase saindo do sério.

São pratos compostos, servidos na hora do almoço, com direito a entrada, massa e uma bebida não alcoólica. De terça a sexta-feira, portanto, além do cardápio tradicional, à la carte, que continua sendo servido normalmente, a casa está servindo mais esses combinados, que mudam a salada e a massa todo dia e aliam sabor e bom preço.

Na terça a pedida é Salada italiana (mix de folhas, tomates frescos, cenoura, pepino japonês, ciboulette e croutons) de entrada, mais Tagliatelle ao molho pesto; quarta, Salada caprese (rúcula, tomates frescos, muçarela de búfala, creme de aceto balsâmico, ciboulette e croutons), seguida de Penne ao molho gorgonzola; quinta, Salada italiana  e Spaghettini ao molho bolonhesa e, na sexta, Salada caprese e depois Gnocchi ao molho funghi. Todos os pedidos são antecedidos por uma salada bem variada de entrada, suco de laranja ou limonada Suíça para beber.

E o preço também é dos mais apetitosos: R$ 19,90 pelo combo.

Além dessa novidade, ainda há espaço chamado “Cantininha do Délio”. No local, os pais encontram um mobiliário adaptado para as crianças, berço, quadro negro e brincadeiras para distrair os filhos.

Cantina do Délio

Rua Itupava, 1094 – Alto da XV

Fone: (41) 3078-0010

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 04/12/16 3:27:44 PM

Ivan Lopese Ivo Lopes em ação. Dois dias seguidos de lançamentos gastronômicos na cidade. (Foto/ Naideron Jr – Arquivo)

Curitiba terá Lopes em dose dupla na próxima semana. Ivo num dia, Ivan no outro e os dois talentosos irmãos cozinheiros estarão apresentando suas sempre inspiradas e saborosas criações.

Nem bem se livrou do gargalo do Masterchef Brasil Profissionais e Ivo Lopes já tem compromisso em Curitiba, onde construiu sua base nos últimos tempos (ele acaba de deixar a consultoria do restaurante Alessandre & Frederico, depois de reformular o cardápio da rede e de um ano de trabalho).

Na próxima terça-feira (06), o conceituado chef é o convidado especial para comandar a cozinha do bar +55, no Gastro Night comemorativo ao terceiro aniversário da casa (ele já tinha feito a festa de dois anos, ano passado). No dia seguinte acontece o lançamento do novo cardápio do Bistrô Muf’s, que investe ainda mais na gastronomia, com cardápio a cargo que quem? Ivan Lopes, não por coincidência, irmão de Ivo.

Então vai ser assim, um irmão de cada lado, apresentando o que se melhor sabem fazer: boa comida.

Do jantar de Ivo no +55 já postei dias atrás (confira aqui). Mas não custa recordar, que o bom sabor sempre merece mais atenção. Ele assume a cozinha, em parceria com a equipe da casa de carnes Bull Prime (com quem está alinhavando a possibilidade de abertura de um bistrô nos próximos meses) representada por Alexandre Schoemberger e Marcos Canan, e a entrada da noite tem Linguicinha. Mas não é uma qualquer. É feita pelo próprio chef, temperada com um pouco de ervas e queijo provolone, passando numa farofinha, bem estilo aperitivo de churrasco. Nas carnes, de prato principal, Lopes apresenta Assado de tira, Bife de chorizo e Bife de ancho. Com as devidas guarnições, evidentemente. Vai ter Purê rústico de mandioca com bacon, Legumes grelhados, Palmito confitado e Batata recheada com gorgonzola.

E aí vem a grande novidade, a churrasqueira. O detalhe da noite comemorativa, que diferencia dos outros eventos do Gastro Night, será a instalação de uma “Parrillera” no espaço ao lado do bar da casa, centralizando ali a execução do cardápio a ser proposto aos clientes. E ali os cozinheiros e churrasqueiros vão se divertir com as brasas e as carnes.

O Gastro Night se encerra com a sobremesa de Cestinha de churros com sorvete.

O preço é de R$ 89 por pessoa, para o menu completo.

Já no Bistrô Muf’s, Ivan Lopes, o irmão mais novo, vai apresentar os novos pratos a serem inseridos no cardápio. Há algum tempo o chef vem prestando consultoria à casa, amadurecendo o menu e treinando o pessoal para dar uma guinada mais gastronômica a um ponto que sempre marcou mais pelos petiscos e pelas bebidas, a partir da Adega Muf’s, origem de um grupo forte, que cresceu e se consolidou nesses últimos dez anos.

Agora o investimento maior do grupo é na gastronomia. E aí entrou Ivan Lopes, tanto quanto o irmão, um dos mais premiados cozinheiros da cidade. O lançamento será aberto a 40 pessoas, com um menu degustação com entrada, dois pratos principais e sobremesa, tudo harmonizado com a linha de espumante Muf’s Reserve.

O cardápio terá como entrada Dadinhos de tapioca e geleia de pimenta, uma assinatura do chef, praticamente sua segunda carteira de identidade. Lançou o prato no Mukeka, onde foi um dos fundadores – e até hoje é um dos hits da casa – e segue fazendo por onde vai. O primeiro prato será Nhoque de batata, salmão e rúcula ao molho de espumante Mufs Brut. Em seguida, a escolha entre um Risoto com abóbora cabotiá e camarão ou Filé mignon grelhado e risoto de queijo brie.

Como sobremesa, Sorbet Muf’s e frutas vermelhas.

Conforme a concepção de Ivan Lopes, o conceito para a criação do novo cardápio seguiu um meio termo entre o simples e o sofisticado, bem de acordo com a linha do Bistrô Muf’s. São pratos com conceito de happy hour, para aperitivar ou jantar. São opões em entradas, saladas, carnes, massas e peixes, com o objetivo de agradar a todos os paladares.

O custo é de R$ 90 por pessoa e as reservas devem ser feitas antecipadamente pelo fone (41) 3036-4848. As vagas são limitadas.

Serão, certamente, duas noites especiais. Os dois irmãos cozinham muito.

Gastro Night +55

Avenida Vicente Machado, 866 – Batel

Fones: (41) 3322-0900 e (41) 99247-3322

Bistrô Muf’s

Rua Bispo. Dom José, 2249 – Batel, Curitiba – PR

Fone: (41) 3036-4848

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 02/12/16 12:46:04 PM

Junior Durski em Alba, com o caçador e negociante de tartufo bianco, Marco Ronzano. (Foto/ Divulgação)

Já começou a segunda e última temporada de trufas brancas do restaurante Durski International Cuisine. O chef Junior Durski chegou nesta semana de Alba, na Itália, com três quilos do Tartufo Bianco d’Alba, colhidos no início da semana por ele mesmo, no Piemonte – e por isso conseguiu preços mais baixos que os da edição de duas semanas atrás. O mês de novembro é considerado ideal para a colheita das trufas, que ficam mais suculentas e com sabor acentuado.

Para esta segunda e rápida temporada, Durski criou um menu degustação com duas entradas – Polenta cremosa italiana Bramata e Ravióli com ricota, espinafre e gema de ovo. Também serão dois os pratos principais, Risoto de açafrão com creme de Grana Padano e Filé mignon com creme parmigiano reggiano e tagliarini.

Para sobremesa, a escolha entre duas sugestões: Creme quente de vanilla ou Sorvete artesanal de vanilla.

O preço do menu completo é R$ 390.

Além do cardápio fechado, haverá outras sugestões de pratos à la carte servidos com as trufas. De entrada, a escolher entre Ovos orgânicos fritos em manteiga francesa, Carpaccio sobre polenta italiana Bramata, Polenta cremosa italiana Bramata e Tagliarini com creme suave de Grana Padano. Cada prato, com 6g de trufas, custa R$ 160.

Entre os pratos, o Tagliarini com manteiga francesa, o Risoto de açafrão com creme de Parmigiano Reggiano e o Gnocchi com creme suave de Grana Padano, saindo R$ 290 cada, com 10g de trufas brancas.

As sobremesas são as mesmas do menu fechado, a R$ 160 cada.

Esta edição vai até domingo (04), sendo que as reservas de sábado no jantar já estão esgotadas). Ainda há mesas para a noite de sexta e almoços de sábado e domingo. Mas são poucas.

Mesas garantidas somente mediante reserva pelos telefones (41) 3225-7893 e 98855-5383.

Durski International Cuisine

Avenida Jaime Reis, 254 – São Francisco

Fones: (41) 3225-7893 e 98855-5383

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Enviado por Anacreon de Téos, 01/12/16 11:47:22 AM

Os caranguejos da Petiscaria do Victor são cozidos na cerveja e têm bufê de 13 acompanhamentos. (Foto/ Divulgação)

Começou a temporada de caranguejo. A partir desta quinta-feira (01) – e até março do ano que vem – está liberada a captura e comercialização do saboroso crustáceo, para gáudio e satisfação de tantos apreciadores. E a Petiscaria do Victor já se integra ao movimento, anunciando a edição 16/17 da Caranguejada do Victor. Serão 105 dias consecutivos para comer caranguejo à vontade e a novidade de agora são os acompanhamentos de couscous marroquino e grissinis, que foram incluídos no bufê livre.

Na temporada passada, mais de 1.700 pessoas foram à na Caranguejada do Victor e o objetivo da casa para este ano é superar essa meta em, pelo menos, 25%.

A Caranguejada do Victor é servida de terça a sábado, das 19h às 23h. O consumo é livre, tanto dos caranguejos, que são servidos à mesa, quanto dos treze diferentes tipos de acompanhamentos, disponíveis do bufê: caldinho de feijão, caponata de berinjela, salada de batatinha, salada de cebola, salada de folhas verdes com tomate, salada de pepino japonês, vinagrete tradicional, vinagrete com coentro, couscous marroquino, grissinis, molho de alho, molho tártaro e molho rosé.

O diferencial da casa em relação a outras que também servem o crustáceo nesta época do ano é o cozimento do caranguejo na cerveja, com um mix especial de especiarias. O sabor é realmente diferenciado e a carne, de tão macia, se solta da casca com mais facilidade

O custo é de R$ 67 por pessoa e recomenda-se reservar mesa com antecedência.

Petiscaria do Victor

Avenida Manoel Ribas, 6995 – Santa Felicidade

Fone: (41) 3273-4444

= -=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 30/11/16 4:49:41 PM

Pato ao tucupi deverá ser o prato principal do Jantar Amazônico que o chef Ivan Lopes prepara na semana que vem. (Foto/ Anacreon de Téos)

Ivan Lopes e o pirarucu de Miracatu. (Foto/ Divulgação)

Um jantar especial com sabores da Amazônia. Esta é a nova empreitada do chef Ivan Lopes. Será na semana que vem (08), no Espaço Namata, um belo local para eventos aberto recentemente em São José dos Pinhais, situado no meio de um bosque e com todos os equipamentos necessários para festas e reuniões de todos os tipos.

Ivan Lopes é um apaixonado pela cozinha amazônica e, sempre que possível, realiza esses encontros gastronômicos, passando aos convidados e comensais os bons sabores que traz de lá. Ou não tão de lá, pois o pirarucu, por exemplo, um dos itens de seu próximo cardápio, é adquirido bem próximo daqui, em Miracatu, às margens da Rodovia Régis Bittencourt – a caminho de São Paulo.

Nesse próximo jantar, o chef servirá Tacacá, Gurijuba (outra espécie de peixe) e espaguete de pupunha, Pirarucu ao leite de castanha e vinagrete de feijão Santarém, o tradicional Pato no Tucupi e, de sobremesa, Cheesecake de graviola e chocolate amazônico.

A experiência cultural paralela virá da apresentação de fotos da natureza com o renomado fotógrafo Zig Koche, com relato da premiada ambientalista Mary Allegretti.

São apenas 46 lugares e o custo é de R$ 120 por pessoa – sem as bebidas.

As reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 3058-3888 ou WhatsApp (41) 99236-9257.

O Espaço Namata é um novo local de eventos, situado em São José dos Pinhais. (Foto/ Divulgação)

Espaço Namata

Rua Marcos Foggiatto, 121 – São José dos Pinhais

Fone: (41) 3058-3888

= -=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 29/11/16 1:01:01 PM

PANC: botões florais de Oxalis, que é o trevo de arbusto e também suas folhas. Flores de malvavisco, alface selvagem, folhas e flores de begonia . E frutos de maria-pretinha. (Foto/ Divulgação)

De uns tempos para cá virou febre. Até com algum exagero. Os cozinheiros profissionais e os grandes chefs de cozinha descobriram as PANC (Plantas alimentícias não convencionais) e é um tal de pesquisar este ou aquele matinho ali do canto do sítio ou do quintal para saber se dá ou não para pôr no prato.

Manu Buffara foi a pioneira. A premiada e vitoriosa chef (hoje a principal bandeira paranaense na gastronomia nacional – e até internacional) começou a analisar e a explorar plantas que normalmente não seriam aproveitadas à mesa e estendeu suas buscas para outros segmentos, como o mel de jataí e mais algumas preciosidades. Lênin Palhano veio a seguir e, no vácuo, alguns outros bons cozinheiros de Curitiba e região.

Borago, flor comestível que encanta os chefs. (Foto/ Anacreon de Téos)

Borago, flor comestível preferida dos chefs. (Foto/ Anacreon de Téos)

Hoje em dia o comensal já não estranha quando o prato servido é decorado, por exemplo, com flores comestíveis. Vieram primeiro as capuchinhas e, com o tempo, também foram chegando as levas de amor-perfeito e cravina. A oferta, agora, é bem mais ampla. Na SN Frutas e Verduras (a banca da Sidneia), no Mercado Municipal de Curitiba, podem ser encontradas as já citadas, mas também há torênias, tumbérgias, alfazemas, begônias, calêndulas, tagetes, margaridas-ouro, zínias e, mais recentemente, boragos, estas as queridinhas dos grandes chefs internacionais. Sem contar rosas, dálias, miosótis, petúnias, girassóis e outras flores, também comestíveis, que podem ser encontradas em qualquer jardim.

Mas as PANC não se resumem às flores, evidentemente. Aquele matinho que cresce junto à horta ou na grama de casa e que costuma ser tratado como erva daninha pode, muito bem, ser comestível. Quer um exemplo? Aquela florzinha amarela que amadurece e depois a gente assopra para espalhar ao vento é da serralha e suas folhas são muito apreciadas, cozidas ou refogadas.

Curso para conhecer as plantas

Para quem porventura tenha se interessado pelo assunto e deseje ir mais a fundo na busca de informações, há um curso de PANC sendo anunciado para os próximos dias. O Good Food Market, em parceria com a etnobotânica Carolina Weber Kffuri, do Sítio Lua Quebrada (que fica no município de Cerro Azul), vai ensinar a preparar pratos típicos com plantas alimentícias não convencionais. O Good Food Market, que completa um ano neste mês de novembro, nasceu com a proposta de uma alimentação saudável e democrática.

O curso foi elaborado para ensinar o aluno a identificar as plantas comestíveis e também dar indicações e informações para que as pessoas possam estudar por conta própria e aumentar o conhecimento botânico e gastronômico sobre as PANC. A proposta é ensinar a identificar as plantas comestíveis que ocorrem em todo o estado do Paraná e também outras nativas do Brasil, seus aspectos nutricionais, toxidez, forma de preparo e uso.

O curso será dividido em duas etapas. Na primeira, no Good Food Market, acontecerá a parte teórica e o preparo dos pratos – tantos os simples do dia a dia quanto os mais elaborados. Já a segunda, será uma prática, com a visita ao sítio Lua Quebrada, produtor de PANC, para o pessoal identificar as plantas in loco e ver como podem ser cultivadas.

As espécies de PANC são muitas, incomensuráveis, algumas com restrições para uso por crianças, mulheres, pacientes renais e outros. Mas existem aquelas que podem ser consumidas sem restrições. Os benefícios são muitos. Além do alto teor nutritivo, possuem ferro, fibras, minerais, proteínas, zinco, molibdênio e outros, em quantidades significativamente maiores que em outras plantas alimentícias convencionais – é o que pretende explicar o curso.

A “Palestra de Iniciação às PANC” será realizada no dia 7 de dezembro, às 19h, no Good Food Market, com inscrição a R$ 30, a ser paga no local.

Já o “Curso de PANC – Plantas Alimentícias não Convencionais”, acontecerá nos dias 10 e 11 de dezembro, a partir das 14h30. No primeiro dia, no Good Food Market e, no dia seguinte, com deslocamento ao sítio Lua Quebrada, fornecedor de PANC.

O custo é de R$ 100 para a primeira etapa e R$ 120 para a segunda. Para as duas etapas, R$ 200.

Informações pelo WhatsApp (41) 99633-8879.

Good Food Market

Rua Augusto Stresser, 1941- Juvevê

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Salvar

Salvar

Enviado por Anacreon de Téos, 25/11/16 10:07:43 PM

Ostras ao bafo do Anarco. Três opções de prato no festival que vai até domingo. (Foto/ Divulgação)

Ostras continuam rendendo assunto por aqui. A temporada está boa, a produção é de qualidade e por isso os restaurantes estão aproveitando para anunciar estas estrelas em seus cardápios.

Como o Anarco, ali do Mercado Municipal, que chega com mais uma edição do seu “Festival de Ostras”. Os moluscos vêm de Florianópolis e são servidos de três maneiras: in natura, ao bafo ou gratinados. O preço vai a partir de R$ 38,90 a dúzia in natura e ao bafo até R$44 para as gratinadas. Para meia dúzia os valores são R$ 26,60 e R$ 30,80, respectivamente.

E quem optar pela porção de 12 ostras ganha duas taças de espumante. Começou já nesta sexta-feira (25) e se estende até o domingo.

Anarco, Empório e Restaurante

Praça de Alimentação do Mercado Municipal de Curitiba

(entrada pela Avenida 7 de Setembro, 1865)

Fone: (41) 3029-6154

= -=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Salvar

Salvar

Salvar

Páginas12345... 115»
Este é um espaço público de debate de idéias. A Gazeta do Povo não se responsabiliza pelos artigos e comentários aqui colocados pelos autores e usuários do blog. O conteúdo das mensagens é de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.
Buscar no blog
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais